Caracterização da sedimentação secular em ambientes intermareais do estuário do Mira

Sandra Moreira, Maria da Conceição Freitas, Maria de Fátima Araújo, César Andrade, Francisco Fatela

Abstract


O estudo de três sondagens efectuadas na zona intertidal do estuário do Mira mostra que a sedimentação é mais vasosa e orgânica nos sapais do que no raso de maré, o que se reflecte nos teores de Si, Al e matéria orgânica. A presença de moscovites, resultantes da meteorização de xistos aflorantes na bacia hidrográfica do rio Mira, é generalizada em ambos os ambientes traduzindo–se nas boas correlações entre o Al, K e Ti. A concentração dos elementos indicadores de salinidade Cl e Br aumenta, de modo geral, do raso de maré para o alto sapal.

Keywords


raso de maré, sapal, geoquímica, matéria orgânica

Full Text: PDF

 

 

Hosted and maintained by Método Directo.