Os topónimos a Norte do rio Douro na Paleontologia portuguesa

Rogério Bordalo Rocha

Abstract


: Desde o século XIX foram definidos novos géneros (2), espécies (14) e variedades (2) de invertebrados e de vegetais fósseis utilizando a toponímia a Norte do Douro. Os restritivos específicos mais utilizados foram os dos topónimos Porto, Douro e Valongo. Apresenta-se também lista de taxa (2 géneros e 28 espécies) dedicados a professores das Universidades do Porto, do Minho e de Trás-os-Montes e Alto Douro. Apesar de muito citados na bibliografia geológica, alguns dos nomes destes taxa não cumprem as regras do ICZN e do ICBN, caem em sinonímia com outros mais antigos ou devem ser considerados, formalmente, nomes não válidos.

Keywords


Paleontologia, Paleozóico, Cretácico, rio Douro, topónimo, nomenclatura

Full Text: PDF

 

 

Hosted and maintained by Método Directo.