Quitinozoários do Silúrico Superior do Sinclinal Amêndoa - Mação

Nuno Monteiro Vaz, Florentin Paris, José Tomás Oliveira

Abstract


As Formações Castelo e Chão Lopes (Silúrico Superior) definidas por Romão (1998, 2000) no Sinclinal Amêndoa / Mação, são datadas do Venloquiano e do Ludloviano Superior à base do Pridoliano, a primeira pela sua posição estratigráfica e a segunda por correlação lateral com a Formação Foz da Sertã.

Estudaram-se diversas amostras destas formações as quais forneceram associações de quitinozoários moderadamente preservados que permitiram constranger as idades destas formações. Assim, a Formação Castelo é datada do Ludloviano e a Formação Chão Lopes do Pridoliano, com base em quitinozoários.


Keywords


Quitinozoários, Silúrico Superior, Formação Castelo, Formação Chão Lopes

Full Text: PDF

 

 

Hosted and maintained by Método Directo.